O juju gosta de ir à pesca.
de contar estórias também.
tem um sorriso doce
disfarçado de barba branca.
tem nos olhos
um reservatorio de brilho
qie também usa ternura.
eu gosto de chatear o juju desta forma:
“pai, conta-me outra vez uma coisa que já me contaste.
conta-me aquela estória do pescador”
os dedos do juju sao muito amigados com o tabaco.
ele fuma o tempo ás vezes.
“conheces aquela do gajo que tava sentado a pescar?”
faço fingimento que nao.
“tava sentado a pescar.alguem perguntou: voçe está a pescar o que?, e ele respondeu: xuxuíla!. o outro
perguntou; xuxuíla?!, que peixe é esse. o gajo respondeu:
nao sei, ainda nao pesquei nenhum

o juju gosta muito de ir à pesca.
eu gosto de ir à pesca com ele.
ele é meio pescador
meio pessoa doce.