escrevo mediterraneo
na serena voz do Índico

sangro norte
em coraçao do sul

na praia do oriente
sou areia náufraga
de nenhum mundo

hei de
começar mais tarde

por ora
sou a pegada
do passo por acontecer